O vice-presidente Hamilton Mourão se reuniu nesta sexta-feira (6) com a sua homóloga no Uruguai, Beatriz Argimon. O encontro ocorreu no Palácio Legislativo, em Montevidéu, capital do país vizinho. Mourão cumpre agenda oficial no país até este sábado (7), com o objetivo de fortalecer as relações bilaterais.

Em postagem nas redes sociais, a vice-presidente Beatriz Argimon classificou a reunião como “frutífera”, em que foram abordados temas como o fortalecimento do Mercosul e colaboração de ambos os países no setor de defesa.

Do lado brasileiro, a Vice-Presidência da República destacou que, no encontro, foi tratado também o tema da integração fronteiriça entre os dois países. Brasil e Uruguai compartilham uma fronteira terrestre que se estende por 1.069 quilômetros, no extremo sul do país. Ao todo, são dez cidades vizinhas, cinco de cada lado, abrangidas ao longo da extensão fronteiriça.

Pela manhã, também em Montevidéu, Mourão se encontrou com o secretário-geral da Associação Latino-americana de Integração (Aladi), Sergio Abreu. A Aladi, cuja sede fica na capital uruguaia, é o maior grupo latino-americano de integração. É formado por 13 países-membros: Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Cuba, Equador, México, Panamá, Paraguai, Peru, Uruguai e Venezuela, representando, em conjunto, 20 milhões de quilômetros quadrados e mais de 510 milhões de habitantes.

Segundo o governo brasileiro, a reunião tratou de temas de interesse do país dentro do bloco, como o incremento do comércio, a intensificação da integração física e o impulsionamento das micro, pequenas e médias empresas.

Ainda na tarde desta sexta-feira, Mourão se reúne com empresários uruguaios. Ele passa a noite em Montevidéu e retorna a Brasília na manhã de sábado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.