O cantor e compositor britânico Sting vendeu todo o catálogo de sua extensa carreira musical para a gravadora Universal Music Publishing Group (UMPG), repetindo movimentos de outros artistas como Bob Dylan, Tina Turner e o falecido David Bowie. O acordo envolve sucessos de Sting tanto na carreira solo como da época em que era vocalista da banda de rock The Police, e inclui músicas como Every Breath You Take, Roxanne, Shape Of My Heart, Message in a Bottle, Fields Of Gold, Desert Rose e Englishman in New York, entre outros. O jornal britânico “The Guardian” estimou o valor da negociação em US$ 300 milhões, ou R$ 1,57 bilhão.

“É absolutamente essencial para mim que o repertório de trabalho da minha carreira tenha um lar onde seja valorizado e respeitado – não apenas para me conectar com fãs de longa data de novas maneiras, mas também para apresentar minhas músicas a novos públicos, músicos e gerações. Ao longo da minha carreira, tive um relacionamento longo e bem-sucedido com a UMPG como minha parceira, então pareceu natural unir tudo em uma casa confiável, enquanto volto ao estúdio, pronto para o próximo capítulo” , afirmou o cantor de 70 anos em comunicado. Ao longo da carreira, Sting lançou cinco álbuns quando esteve na The Police e outros 12 sozinho.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.