O governo do estado de São Paulo anuncio hoje (23) que vai antecipar a campanha de vacinação contra a gripe para este domingo (27). O Domingão da Vacinação também vai imunizar os paulistas contra a covid-19.

Poderão se vacinar contra a covid-19 crianças de 5 a 11 anos que precisam tomar a segunda dose, além de pessoas com mais de 12 anos que precisam tomar a segunda e terceira doses.

A campanha também imunizará idosos acima dos 80 anos que tomaram a terceira dose há pelo menos quatro meses e desejam tomar a dose de reforço.

A vacinação ocorrerá nos 645 municípios paulistas e os postos estarão abertos das 7h às 19h.

De acordo com o governo estadual, até o momento 65% da população de São Paulo já tomou a terceira dose de vacina contra a covid-19. Entre as crianças de 5 a 11 anos, 75% delas já tomaram a primeira dose, mas apenas 34% voltaram para a segunda dose.

Gripe

Pelo calendário divulgado, a vacinação contra a gripe no estado começa neste domingo para idosos acima dos 80 anos, que poderão tomar, ao mesmo tempo, os imunizantes contra a covid-19 e a Influenza.

“Lembrando que, nesse momento, é importante fazer a vacinação da Influenza concomitantemente à de covid-19”, disse Regiane de Paula, coordenadora geral do Programa Estadual de Imunização.

Já no dia 4 de abril, a vacinação será estendida para idosos acima dos 60 anos e trabalhadores da área de saúde. No dia 2 de maio, crianças acima de seis meses e menores de 5 anos, gestantes e puérperas já podem tomar a vacina contra a gripe.

No dia 9 de maio serão vacinados indígenas, quilombolas, professores, pessoas com deficiência e pessoas com comorbidades. E, por fim, no dia 16 de maio, essa vacina será destinada para forças de segurança, caminhoneiros, trabalhadores de transporte rodoviário e portuários, além da população privada de liberdade.


Divulgação do Governo de São Paulo

A vacina contra a Influenza, produzida pelo Instituto Butantan, é trivalente e combate os vírus H1N1, a cepa B e o H3N2, do subtipo Darwin, que provocou o surto de casos de gripe no final do ano passado.

Queda de indicadores

Na semana passada, o estado de São Paulo apresentou queda em todos os indicadores relacionados à covid-19. Em relação aos casos, a queda foi de 19,26% em comparação à semana anterior. Já as internações caíram 12,94% e os óbitos, 30,17%.

“Nas últimas sete semanas teve queda de 84% nas internações. Isso mostra que o efeito da vacinação protegeu a nossa população, evitando formas graves e fatais”, disse Jean Gorinchteyn, secretário estadual da Saúde.

A taxa de ocupação de leitos de unidades de terapia intensiva (UTI) no estado está hoje em 26,5%.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.