Portugal espantou a zebra, venceu a Macedônia do Norte e garantiu sua vaga na Copa do Mundo de 2022. Desta forma, Cristiano Ronaldo disputará seu quinto e, provavelmente, último Mundial no Catar. Apesar da presença de CR7, Lionel Messi e Neymar, vários outros craques não conseguiram levar suas seleções para o torneio da Fifa. A principal ausência na competição que será realizada no fim do ano é a da tetracampeã Itália, que tem nomes importantes no cenário global, como o goleiro Gianluigi Donnarumma, o zagueiro Giorgio Chiellini e os meio-campistas Jorginho e Verratti.

Além dos astros italianos, outros gigantes do futebol também não vão à Copa do Mundo. Um exemplo é o de Zlatan Ibrahimovic, atacante do Milan, que com 40 anos sonhava em disputar o Mundial – a Suécia acabou sendo eliminada na repescagem pela Polônia, do melhor do mundo Robert Lewandowski. Já Erling Haaland, artilheiro do Borussia Dortmund e um dos jovens mais promissores do planeta, não pôde levar a sua Noruega para o badalado campeonato de seleções. Contudo, a principal ausência, sem dúvida nenhuma, é de Mohamed Salah. Astro do Liverpool e um dos melhores futebolistas do planeta na temporada 2021/2022, o atacante até lutou bastante, mas viu o seu Egito ser derrotado nas penalidades por Senegal, que tem Sadio Mané, também dos Reds, como principal estrela.

Também pelas Eliminatórias Africanas, a Argélia, do atacante Riyad Mahrez, do Manchester City, perdeu a vaga no último lance para Camarões. Já na América do Sul, a geração chilena bicampeã da Copa América, que conta com Arturo Vidal e Alexis Sánchez, não conseguiu a classificação para a Copa. A Colômbia, por sua vez, também ficou de fora, mesmo tendo James Rodríguez e Falcão García em seu plantel. Abaixo, veja a lista dos craques que não vão participar da competição, marcada para acontecer de 21 de novembro a 18 de dezembro deste ano.

Craques que não vão à Copa do Mundo

  • Gianluigi Donnarumma (Itália/PSG)
  • Jan Oblak (Eslovênia/Atlético de Madrid)
  • Giorgio Chiellini (Itália/Juventus)
  • Leonardo Bonucci (Itália/Juventus)
  • Marco Verratti (Itália/PSG)
  • Jorginho (Itália/Chelsea)
  • Riyad Mahrez (Argélia/Manchester City)
  • Mohamed Salah (Egito/Liverpool)
  • David Alaba (Áustria/Real Madrid)
  • Zlatan Ibrahimovic (Suécia/Milan)
  • Erling Haaland (Noruega/Borussia Dortmund)
  • Arturo Vidal (Chile/Inter de Milão)
  • James Rodríguez (Colômbia/Al Rayyan)

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.