O zagueiro Robson Bambu, do Corinthians, foi acusado de estupro de vulnerável por uma mulher de 25 anos. De acordo com boletim de ocorrência, o zagueiro recém-contratado pelo clube alvinegro, a teria assediado enquanto ela dormia. O clube afirmou ter conhecimento do boletim de ocorrência e que não comentará o tema “até que todos os fatos sejam esclarecidos mediante apuração”, e ressaltou que não compactua com nenhum tipo de violência. A Jovem Pan não conseguiu localizar a defesa ou a assessoria de imprensa do atleta. Robson, um amigo e duas mulheres teriam saído para curtir a noite na última quinta, 3 de fevereiro, em uma casa noturna do Tatuapé, na Zona Leste de São Paulo.

Após beberem, os quatro teriam se dirigido a um hotel da região. A garota que acusa Robson de estupro diz ter passado a noite com o amigo dele de forma consensual, enquanto sua amiga ficou com o jogador. Contudo, quando acordou, teria visto o jogador nu sobre ela, introduzindo o dedo em sua genitália. A vítima teria empurrado Robson e procurado a amiga, enquanto o zagueiro negava ter praticado violência sexual, dizendo que não faria isso com uma mulher por ter uma filha. As duas deixaram o hotel em um carro de aplicativo. A mulher passou por exames periciais, e as duas disseram à Polícia que tanto a casa noturna quanto o hotel tem câmeras de segurança.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.