O governo do Estado de São Paulo está preocupado com a realização de festas durante o Carnaval. Em meio a uma redução de casos de Covid-19 e internações pela infecção, a equipe de saúde refez o apelo para que a população não promova aglomerações na semana da folia. O governador João Doria (PSDB) explicou que os municípios já cancelaram as comemorações. “Há uma preocupação do comitê científico em relação a esse período do feriado do Carnaval, embora majoritariamente nenhum município do Estado de São Paulo esteja promovendo, pelo menos que tenhamos notícia, festas de Carnaval, desfiles de Carnaval, iniciativas que promovam encontros de Carnaval. As organizações privadas ou pessoas desejosas de fazem festas domésticas de Carnaval, esta não é uma boa iniciativa neste período”, afirmou.

No intervalo de uma semana, os casos de Covid-19 em São Paulo caíram em 4% e as internações reduziram em 23%. Desde o início do mês, houve uma redução de 3 mil pacientes que estavam internados em hospitais do Estado. O coordenador executivo do comitê científico da Covid-19, João Gabbardo, ressaltou que o feriado pode reverter a tendência de queda. “A população, neste momento, tem que avaliar o que ela espera, o que ela quer. Se nós queremos acelerar esse processo de melhora, se queremos ter os nossos indicadores mais positivos para que a gente possa, daqui para a frente, pensar em situações como a retirada de máscaras em ambientes abertos, tudo vai depender dos nossos indicadores, tudo vai depender daquilo que a gente estiver fazendo no Carnaval”, disse. As taxas de ocupações de leitos de UTI estão em 64,5% em São Paulo e em 62,7% na Grande São Paulo.

*Com informações da repórter Nanny Cox

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.