A Polícia Civil de São Paulo prendeu nesta quarta, 9, um auxiliar administrativo suspeito de furtar R$ 200 mil de uma conta bancária pertencente ao jogador de futebol Neymar, do PSG e da seleção brasileira. Lucas Almeida Ferreira dos Santos, de 20 anos, seria o mentor do esquema que mistura estelionato e furto de dinheiro com transferências de dinheiro via Pix. Lucas mora na Zona Leste de São Paulo e também teria furtado recursos de outras pessoas famosa, até ser detido por meio de uma operação do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic) que investigava fraudes contra clientes de vários bancos. O dinheiro roubado já havia sido ressarcido a Neymar pela instituição financeira, que não teve o nome revelado. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo, as investigações prosseguem para identificar outros possíveis envolvidos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.