O Palmeiras não deu chance para o Santos e venceu o adversário por 1 a 0, na noite deste domingo, 13, no Allianz Parque, pela penúltima rodada do Campeonato Paulista. Controlando o confronto desde o início, o Alviverde marcou de pênalti com Raphael Veiga nos acréscimos do primeiro tempo, ficou com um jogador a mais na etapa complementar e só administrou o placar até o apito final. Com o resultado, o Verdão amplia o tabu diante  do arquirrival, chegando a oito clássicos sem perder para o Peixe – desde o fim de 2019, são 6 vitórias e para os palmeirenses e 2 empates. Além disso, o time de Abel Ferreira mantém a invencibilidade no Estadual, alcançando os 26 pontos e ocupando a liderança do Grupo C. A equipe da Baixada, por sua vez, permanece na terceira posição, com 10 pontos, dois a menos que o segundo colocado da chave D, o Santo André. Além disso, o conjunto treinado por Fabián Bustos tem somente dois pontos a mais que a Ponte Preta, time que chega à rodada derradeira na zona de rebaixamento.

Apoiado pela torcida, o Palmeiras empurrou o arquirrival, tendo posse de bola no campo de ataque e criando algumas oportunidades, como um chute de Gustavo Scarpa de fora da área, defendido por João Paulo. O Santos, por sua vez, limitou-se a apostar no contragolpe, tendo uma chance claríssima nos pés de Ricardo Goulart. Quando tudo se encaminhava para um primeiro tempo sem gols, Velázquez acertou o peito de Kuscevic dentro da área, cometeu pênalti e foi expulso pelo árbitro Raphael Claus – o zagueiro já havia levado cartão amarelo após outra jogada perigosa, um chute na altura da cabeça de Rony. Na cobrança, Veiga bateu bem estufou as redes. No retorno do intervalo, Bustos colocou em campo Lucas Braga e Camacho, tentando dar mais criatividade ao grupo visitante. Mesmo assim, quem chegou mais perto de balançar as redes de novo foi o Verdão, com Jorge e Dudu, principalmente. No fim, Gabriel Pirani ainda tentou igualar o placar, mas Weverton fez boa defesa e assegurou mais um triunfo para o seu time. Agora, o Palmeiras encara o Corinthians, em casa, na próxima quinta-feira, 17. Um dia antes, o Santos pega a Ferroviária, em partida atrasada – os dois duelos são válidos pelo Estadual.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.