Rafael Nadal conquistou neste domingo, 30, seu histórico 21º título de Grand Slam ao derrotar o russo Daniil Medvedev na final do Aberto da Austrália por 2-6, 6-7 (5/7), 6-4, 6-4, 7-5 em 5 horas e 24 minutos. Aos 35 anos, o espanhol se torna o único detentor do recorde de títulos de ‘majors’ no tênis masculino (Australian Open, Roland Garros, Wimbledon e US Open), que dividia até este domingo com o suíço Roger Federer e o sérvio Novak Djokovic. Esta foi uma das maiores conquistas de Nadal em sua 29ª final de Grand Slam. Seu primeiro título no Aberto da Austrália foi há 13 anos. É a quarta vez em sua carreira que o atleta venceu após estar perdendo por 2 sets a 0, mas a primeira vez em uma final de Grand Slam.”Esta foi uma das partidas mais emocionantes da minha carreira no tênis”, comemorou Nadal, após a vitória.

“É simplesmente incrível. Eu não sabia há alguns meses se eu estaria jogando novamente no circuito e estou de volta a esta quadra diante de todos vocês hoje. Vocês não sabem o quanto eu lutei para estar aqui”, declarou o espanhol. “O enorme apoio que recebi nas três semanas aqui vai ficar no meu coração pelo resto da minha vida”, agradeceu. Nadal também se torna o segundo tenista da era Open, o quarto na história, a ter conquistado cada um dos quatro grandes torneios pelo menos duas vezes. Uma façanha alcançada por Djokovic no ano passado, quando conquistou Roland Garros pela segunda vez. “É difícil falar depois de cinco horas e meia e perder, mas quero parabenizar Rafa porque fiquei impressionado com o que você fez hoje”, disse Medvedev. “Você aumentou seu nível depois de dois sets para o 21º Grand Slam. Achei que você ia se cansar, e talvez tenha cansado um pouco, mas ainda assim venceu a partida. Você é um campeão incrível”, elogiou.

*Com informações da AFP

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.