O ator José de Abreu ameaçou processar um seguidor que declarou que ele e outros artistas desviam dinheiro captado pela Lei Rouanet, que visa incentivar a cultura. A discussão começou em um post no Twitter de uma matéria da Folha de S. Paulo, no qual foi divulgado que Mario Frias, secretário especial da Cultura, deu um cargo em sua secretaria a Lais Sant’Anna Soares, namorada do deputado federal Carlos Jordy (PSL-RJ). Um seguidor comentou que o deputado, que apoia o governo de Jair Bolsonaro, era “parceiro de mamata” do atual secretário da Cultura. O comentário não agradou um outro seguidor, que rebateu: “Vai dar [o cargo] para o Zé de Abreu? Para a Anitta? Para os mamateiros vergonhosos que desviaram o dinheiro da Lei Rouanet que era para ajudar [artistas] iniciantes? O pior que esse mamateiros da Rounet, além de surrupiarem o dinheiro público, ainda tinham a cara de pau de cobrar ingresso”. Ao ver que seu nome foi citado na publicação, José de Abreu compartilhou o post do seguidor e afirmou: “Prepara o advogado. E a grana. Vai provar na Justiça”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.