O Santos confirmou, na tarde desta sexta-feira, 18, que Fábio Carille não é mais o técnico de seu time principal. Contratado em setembro do ano passado, o treinador conseguiu livrar a equipe do rebaixamento para a Série B do Campeonato Brasileiro, mas não fez o Peixe deslanchar neste início de Paulistão – seu último jogo à frente do clube foi na derrota para o Mirassol, na última quinta. Assim, ele se despede da Vila Belmiro com números modestos, contabilizando 25 jogos, com 9 vitórias, 9 empates e 7 derrotas. Fora o treinador, o auxiliar Leandro Silva, o preparador físico Walmir Cruz e o analista de Dênis Lupp também deixam o clube. Atualmente na segunda posição do Grupo D do Estadual, o Alvinegro praiano recebe o São Paulo, neste domingo, 20, às 18h30 (de Brasília).

Fábio Carille, através do Instagram, agradeceu a oportunidade concedida pela diretoria santista, disse que saída é em “comum-acordo”. “Cheguei ao Santos em 2021 com uma missão difícil, mas muito honrado e com muita gana de ajudar o clube a sair da situação delicada em que se encontrava, na briga contra um possível rebaixamento inédito na história do clube. Este não era o lugar do Santos e, com a ajuda de todo elenco e participação fundamental da torcida, conseguimos deixá-lo em seu devido lugar. Tínhamos boas expectativas para a sequência agora em 2022, dentro da realidade do clube, mas por diversos fatores elas, infelizmente, não se confirmaram. Saio grato pela oportunidade de ter feito parte da história de um clube tão grande, tradicional e importante para o futebol brasileiro como Santos. Agradeço à direção, aos jogadores, todos no clube e à torcida, que esteve incondicionalmente ao nosso lado quando mais precisamos. Obrigado, Santos!”, declarou o profissional.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.