A declaração de que Jorge Jesus estaria disposto a retornar ao Flamengo não passou despercebida pela diretoria do clube carioca. De acordo com o jornalista Thiago Asmar, do Grupo Jovem Pan, a cúpula flamenguista está cogitando fazer um acordo para rescindir o contrato de Paulo Sousa, atual técnico do time rubro-negro. “Eu tenho notícias dos bastidores, não é suposição. O Flamengo pode tentar um acordo com o Paulo Sousa para assinar uma rescisão. Já há este movimento dentro do clube. Além disso, a maioria dos jogadores quer o JJ”, disse o profissional da JP, durante o programa “Bate-Pronto”, nesta quinta-feira, 5.

Paulo Sousa foi anunciado como novo treinador do Flamengo no fim do ano passado, assinando contrato válido até o fim de 2023 – o treinador trouxe uma comissão robusta. Até o momento, no entanto, o português não caiu nas graças do torcedor. Sob o comando do técnico, a equipe rubro-negra coleciona 14 vitórias, 6 empates e 3 derrotas, em 23 jogos. Apesar do bom aproveitamento em pontos, o time acabou perdendo a Supercopa do Brasil para o Atlético-MG, além de ter sido vice no Campeonato Carioca diante do rival Fluminense.

A saída de Paulo Sousa do Flamengo, no entanto, não é tratada como algo simples. De acordo com Thiago Asmar, o clube terá que arcar com uma multa de R$ 20 milhões em caso de demissão. “Existe a possibilidade de que o Flamengo pague o salário do Paulo Sousa enquanto ele não arruma outro clube. Depois do que aconteceu hoje, porém, o Paulo Sousa vai fazer o máximo possível para atrapalhar os planos de Jorge Jesus”, opinou o jornalista da Jovem Pan. Em meio aos rumores uma possível troca de treinador, o Fla volta ao Brasil para se preparar para o duelo diante do Botafogo, marcado para este domingo, 8, pelo Campeonato Brasileiro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.