A deputada distrital Júlia Lucy (União Brasil-DF) publicou em seu perfil no Instagram um vídeo em que detona a cantora Anitta, que recentemente alcançou a primeira posição do ranking do Spotify Global com a música “Envolver”. Segundo a parlamentar da Câmara Legislativa do Distrito Federal, a artista não deveria ser exemplo de empoderamento feminino porque reforça o estereótipo da mulher brasileira gostosa. “Anitta é a artista mais ouvida no Spotify no mundo inteiro. Tenho orgulho disso? Não. Ela, como brasileira, somente está reforçando o velho papel que a mulher brasileira sempre ocupou: papel de mulher gostosa, papel de objeto a ser consumido”, criticou Lucy.

“Não há dúvidas de que Anitta é talentosa, porém esse incentivo à objetificação do corpo das mulheres é algo que me envergonha. Ela ganha o dinheiro dessa forma, mas vamos refletir sobre o que isso representa para nós, brasileiras. Qual é a imagem que se vende lá fora? De que a mulher brasileira é para sexo”, declarou a deputada. “Não sinto qualquer orgulho e lamento profundamente que ela hoje seja ícone do feminismo liberal.”

Confira o vídeo com as críticas da deputada Júlia Lucy

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.