O Palmeiras ficou perto de sair atrás do Athletico-PR na disputa da Recopa Sul-Americana, torneio que opõe os campeões da Libertadores e da Copa Sul-Americana. A equipe paranaense vencia por 2 a 1 na Arena da Baixada até o último minuto, quando Raphael Veiga empatou de pênalti – até então, a equipe da casa vencia com gols de David Terans e Marlos, e Jailson havia marcado para o time paulista. O jogo da volta será na próxima quarta, 30, no Allianz Parque; não há gol qualificado fora de casa, então quem vencer será campeão. No primeiro tempo, o jogo começou morno, e o time alviverde teve boa chance em chute de Atuesta defendido pelo goleiro Santos. O Athletico-PR chegou ao gol na bola parada – em cobrança de escanteio, Léo Cittadini desviou e Terans, livre, empurrou a bola para as redes. O Palmeiras empatou em lance parecido: após bola aérea, chute de Dudu na sobra, desvio de Abner e finalização certeira de Jaílson. Rony ainda acertou a trave no fim da primeira etapa. No segundo tempo, Marlos, em sua estreia pelo Athletico, fez o segundo ao aproveitar passe errado de Veiga na entrada da área e chutar sem chances para Weverton. No último minuto, Wesley foi derrubado por Marcinho dentro da área e Raphael Veiga converteu o pênalti, empatando a partida.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.