O BBB 22 teve mais uma edição do Jogo da Discórdia nesta segunda, 15, ocasião em que os participantes podem resolver suas desavenças ao vivo, e a sister Maria foi acusada de agressão pela segunda vez consecutiva. A dinâmica funcionava da seguinte forma: um participante escolhia uma plaquinha e fazia uma acusação contra outro; os demais integrantes votavam se a acusação procedia. Se escolhessem que sim, o acusador derramava um balde de água suja na cabeça do acusado; se votassem que não, o acusado é quem daria banho no outro. Natália escolheu para Maria a acusação de “Fala Muito e Faz Pouco”, para a qual a maioria dos brothers votaram não. Na hora de derramar a água em Natália, Maria acabou acertando o balde na cabeça de Natália, que reclamou na hora.

Na volta do intervalo, o apresentador Tadeu Schmidt chamou a atenção de Maria para o ocorrido e perguntou para Natália se estava tudo bem, ao que a sister respondeu que sim. Na sequência, Maria resolveu acusar Natália de desagradável, acusação que a maioria da casa concordou. Na hora de derramar mais água na cabeça da colega, Maria disse que a mão escorregou na vez anterior. Após o término do Jogo, Maria se disse decepcionada por ter sido agressiva e reagido com raiva, afirmou ter sido sem querer e relembrou que foi a segunda vez. Na segunda passada, 8, Maria já havia sido acusada de agressão pelo público ao colar uma plaquinha na cabeça de Arthur Aguiar com força excessiva. A direção do programa não aplicou punições na ocasião.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.