A história de Moïse Kabamgabe chocou o Brasil nesta semana. O congolês de 25 anos foi espancado até a morte por após cobrar seu pagamento de R$ 200 que estava atrasado no quiosque Tropicália, no Posto 8, na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro. Artistas e a população em geral cobrou justiça nas redes sociais e, na madrugada desta quarta-feira depois de vencer o Paraguai por 4 a 0, o atacante da seleção brasileira, Antony, compartilhou uma mensagem para Moise. “Pra você, Moïse!! Nossos pensamentos com vc e sua família!! #JusticaPorMoiseMugenyi“, escreveu o jogador nas redes sociais. Gabigol, atacante do Flamengo, também pediu Justiça ao caso em suas redes sociais. Na noite de terça, três homens foram presos pela Polícia por envolvimento no crime. Eles responderão por homicídio duplamente qualificado, impossibilidade de defesa e meio cruel.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.